Bolsa de valores ou opções binárias 1

O que é a Bolsa de Valores?


Investir na Bolsa de Valores é como aprender a dirigir: é preciso entender o funcionamento da máquina que você irá pilotar. Afinal, antes de uma ação, existem centenas de engrenagens por trás que precisam ser conhecidas para que seja possível ter bons resultados mesmo quando nada vai bem. Conhecer a Bolsa de Valores e um pouco da sua história no Brasil e no mundo abre as portas para que você construa um caminho sólido, constante e claro, de muito sucesso.


O que é a Bolsa de Valores?


A Bolsa de Valores é, de forma sucinta, o ambiente onde as empresas de capital aberto emitem seus títulos, popularmente conhecidos como ações, para que os investidores participem das negociações de compra e venda dos ativos disponíveis. Além disso, na Bolsa de Valores também é possível investir em dólar, mercado futuro, opções, entre outros.


Mas como surgiu a Bolsa de Valores?


Se você pensa que o ato de negociar títulos é recente, ficará surpreso agora sabendo que essa prática existe há muito tempo – desde o século XV, para ser mais exato. Nesse momento da história, também conhecido como Idade Média, as cotas de participação eram vendidas na calçada, ao lado de alimentos, roupas e objetos. Ou seja, os títulos eram vendidos junto ao comércio comum.


O mundo e os setores econômicos se desenvolveram de forma vertiginosa, enquanto a modernização dos processos aconteceu paulatinamente até que surgisse a primeira Bolsa de Valores, em 1487, na Bélgica. Entretanto, foi só em 1962 que foi vendida a primeira ação da história, na Bolsa de Valores de Amsterdã.


No Brasil, a Bolsa de Valores demorou um pouco mais para chegar ao formato mundial. Em 23 de agosto de 1890, Emílio Rangel Pestana, presidente do país, fundou a Bolsa Livre – que fechou as portas no ano seguinte devido à crise de crédito gerada pelo plano econômico mal sucedido do governo federal.


Em 1895, nasceu a Bolsa de Fundos Públicos de São Paulo, que passou a se chamar Bovespa 72 anos depois, em 1967. Depois disso, cada estado possuía uma Bolsa de Valores própria, até que em 2000 houve a unificação e todos os títulos eram negociados em um só lugar. Oito anos depois, a Bovespa uniu-se à Bolsa de Mercadorias e Futuros (BMF), resultando na BMF&Bovespa.


Em 2022, a BM&FBovespa se juntou à Cetip, criando a atualmente popular B3, significado para Brasil, Bolsa e Balcão.


O que é negociado na Bolsa de Valores?


Não, na Bolsa de Valores não são negociadas apenas ações. Confira os.


Ações; Fundos de ações; ETF; Fundos imobiliários; Commodities; Moedas; Opções; Fundos de multimercado;


Por que investir na Bolsa de Valores?


A Bolsa de Valores tem ganhado cada vez mais adeptos ao redor do mundo. No Brasil, por exemplo, atingiu-se a marca de 3,497 milhões de investidores ativos em fevereiro deste ano, refletindo alta de 77,2% no ano e 3,6% no mês. Só no segundo mês do ano foram 120.542 novos cadastros.


Só pelo sucesso crescente, já dá para imaginar que investir na Bolsa de Valores tem muitas vantagens. Confira algumas delas:


Baixo investimento inicial: você não precisa ter um capital enorme para aplicar logo de início. Alta liquidez: como não existe carência nas negociações, é possível converter seus lucros em caixa quando quiser. Versatilidade: para lucrar com suas ações, você não precisa vendê-las. É possível alugá-las pelo tempo que desejar. Dividendos: comprando ações preferenciais, por exemplo, você tem preferência para receber sua participação nos dividendos das empresas em que comprou títulos. Tempo: investir na Bolsa de Valores é investir permite que você faça movimentos lucrativos a curto, médio e longo prazo. Para isso, montar uma carteira de investimentos diversificada é fundamental.


O que é preciso para investir na Bolsa?


De forma prática, você precisa de capital e de um excelente home broker. Como o pregão viva voz não existe mais, é necessário contar com uma plataforma de trade ágil, atualizada e superfluida. Conheça alguns dos itens fundamentais que uma ferramenta de investimentos deve oferecer:


Gráficos em tempo real para não perder nenhum movimento de mercado; Indicadores completos, como médias móveis, osciladores, tendências, volume e volatilidade, que são fundamentais para que você possa desenhar a sua estratégia de investimentos; Multi-assets, para que você comercialize classes de ativos diversos, como forex e cfds, por exemplo.


Por que escolher a TraderEvolution para operar na Bolsa de Valores?


Flexibilidade – Opere onde e como quiser, seja no desktop, através de qualquer navegador ou até mesmo pelo app mobile.


Suporte ágil – Com a TraderEvolution, você tem suporte durante a contratação, roteamento com sua corretora e uma equipe dedicada 100% ao seu atendimento. Em toda jornada, estamos do seu lado para dar mais segurança e tranquilidade.


Atualizações de software – A ferramenta é atualizada frequentemente de forma automática, independente da ação do usuário, ou seja, a plataforma sempre está com update em dia.


Experiência – Há quase 2 décadas no mercado, a TraderEvolution está presente em diversos mercados: Nos EUA, Canadá, Austrália, Japão, Índia, Nova Zelândia, China, Turquia, Rússia, Grã-Bretanha, Polônia e África do Sul e também o mercado Latino Americano.


Faça o seu teste grátis agora mesmo.

Opções binárias na Letônia